Enquanto você não chega

Enquanto você não chega
Eu vou te esperando
Enquanto você não chega
Eu vou te procurando
Não deixando de viver
O que Deus tem pra mim agora
E quando chegar a hora
Meu coração te receberá
Pronto para compartilhar
Cada sorriso, tristeza e alegria
Todos os momentos juntos
Como a alegria de ser um só
Enquanto você não chega
Cada passo é um momento
Viajo com os amigos
Jogo videogame no quarto
Tomo minhas doses de café
E deito na rede pra sonhar
Quando nosso momento vai chegar
Enquanto você não chega
Prefiro não criar expectativas
Olhar além do horizonte
Sempre avante, nunca distante
E quando menos eu esperar
Você vai chegar

Anúncios

Flashback

A minha vida não é filme
Meu coração não é confete
Tudo não acaba em festa
Igual a novela das sete

Todo mundo pede flashback
A minha vida não vive de museu
Já não tenho alma de moleque
Tenho uma estrada pela frente
Quem decide o caminho sou eu

Magoar quem não merece
Cometer um delito casual
Só pra se livrar do estresse
Esquece!

O tempo já passou
A esperança já morreu
Tudo ficou no passado
Como você e eu

Inverno

Caminho pelas ruas da cidade
Sabe o que penso, na verdade
Visualizo o que está ao redor
Percebo então que estou só

As folhas estão aos pés das árvores
O vento frio insiste em me acompanhar
O céu deixa a nuvem cinzenta ficar
Junto da chuva que quer seu espaço

Dou um passo e vejo o meu coração
Lá só tem solidão, quiça escuridão
Tenho amigos e a minha família
Ela insiste em vir fazer confusão

Sei que a felicidade sou eu que faço
Como sair desse embaraço?
Vejo tantos amigos acompanhados
Que seja por uma boa amizade
Que seja por viverem o namoro

Eu quis o tempo do verão em mim
Vi que ele não muda de repente assim
O inverno permanece no meu coração
Alimentando em mim a solidão

Imerso

Caminhava a beira do mar
Sozinho, com a mente a voar
Quando fitei os olhos em ti
Seduzido eu fui pelas ondas
A tua serenidade me abraçava
A paz que me traz era tudo
O chamado era muito forte
Eu fui caminhando devagar
As águas sussurravam meu nome
Tomavam-me os pés e as pernas
Meu corpo perdeu as forças
Entreguei meu corpo ao mar
Desejando nunca mais voltar
É como sinto por ti, ó amada
Quando teu amor me envolve
A sensação é como estivesse
Imerso no mar, tomado de água
Sem saber para qual lado rumar
Espero que este amor
Envolva-me até o final
Desejo te amar para imerso ficar

Convicção

Já faz um tempo que te conheço
Só que não lembro quando tudo começou
Hoje de ti eu não me esqueço
A certeza de estar ao teu lado ficou
Quando eu pensei
Já não ter esperança
Encontrei você
E em meu coração se abrigou
Convicção é a certeza do coração
De querer te amar para sempre

Será que mereço?

Eu cá com meus pensamentos
Serenos e coração agitado
Eu descobri uma coisa ótima
Conheci uma mulher incrível
Eu não sei como começar
Quais caminhos devo utilizar?
Tenho medo de machucá-la
A partir daí fico a pensar
Será que mereço amá-la?
Será que mereço a sua companhia?
Eu mereço casar com ela?
Eu mereço ter filhos com ela?
Será que mereço sonhar com a nossa casa?
Será que mereço sonhar o fim da nossa vida?
Juntos e felizes
Será que mereço a felicidade ao teu lado?
Quantas dúvidas eu não sei responder
Só se você quiser caminhar junto comigo
Juntos descobriremos todas as respostas

Abraço

Abraço é…
Quando meus braços
Entrelaçam outros braços
Sente-se o abraço
Quando minhas mãos
Correm suas costas
Levando o carinho
A quem necessita de amor
Um abraço é…
Entregar minha vida ao outro
Um momento ao seu cuidado
É necessário abraçar
É necessário cuidar de gente
Tão sofrida e marginalizada
Sem dignidade e sem amor
Sempre a sociedade insiste em sugar
Sugar tempo e encher o coração de vazio
Sempre com coisas torpes
O que nós insistimos estar bem
Coisas que só um abraço pode restaurar
Todo dia pode curar e fazer o mundo
Um lugar melhor pra se amar